Fão

Fão  — É uma freguesia portuguesa do concelho de Esposende, com 6,04 km² de área e 3 103 habitantes (2011). Densidade: 513,7 hab/km².

A 8 de Janeiro Fão foi elevada a Vila. Foi publicada no Diário do Governo de 21 de janeiro de 1976.

Fão é conhecida pela sua praia, a praia de Ofir. Assim como pela discoteca Pacha Ofir.

Fão possui a maior necrópole medieval da Península Ibérica (Cemitério medieval das Barreiras), demonstrando o impacto da Peste Negra. Ainda, durante a época medieval, Fão foi um centro salineiro relevante. O núcleo histórico de Fão data dos séculos XVI e XVII.

Fão é conhecida por duas especialidades em pastelaria: as clarinhas e os folhadinhos.

A sua riqueza natural é exuberante, graças à parceria do mar com o estuário do rio Cávado, criando dunas e arribas, pinhais, charnecas e sapais, que são habitadas por inúmeras espécies animais e vegetais. Grande parte do litoral de Fão encontra-se protegido dentro da área do Parque Natural do Litoral Norte.

As principais actividades económicas são a agricultura, a pesca, o turismo e os serviços.

O santo padroeiro da paróquia é S. Paio (Paio de Córdova).

Fonte: http://pt.wikipedia.org

Pároco: P. José António Arantes de Andrade

             Residência Paroquial de Fão

            Rua Prior Gonçalo Viana

            4740-375 FÃO

            mail: pe.joseandrade@gmail.com

            Telef.: 253981452