Rio Tinto

Rio Tinto  — É uma freguesia portuguesa do concelho de Esposende, com 4,41 km² de área e 618 habitantes (2011). Densidade: 140,1 hab/km². Altura 12 - 88 metros.O nome da freguesia provém do ribeiro que a atravessa, denominado Rio Tinto.

Trata-se de uma freguesia muito antiga que remonta às origens da nacionalidade, e em 1059, diz-se que se encontrava "sub o manasterio de Faria…". Surge também Inquirições Gerais de 1220 com a designação de "Sancto Martino de Rio Tinto".[1] Passou a pertencer ao concelho de Esposende desligando-se de Barcelos após a reforma administrativa de D. Maria II, assinada em 6 de Novembro1836.

Limites: Norte - rio Cávado; Poente - Fonte Boa (Esposende); Nascente - Vila Seca e Fornelos (Barcelos); Sul - Barqueiros (Barcelos)

A Padroeira é Santa Marinha, e a sua festa comemora-se no 2.º Domingo de Julho.

Toponímia (Lugares): Igreja, Aldeia de Baixo, Aldeia de Cima, Paço, Talhos, Santa Marinha, Jouve, Rio Tinto, Estrada, Capela, Castro, Marachão,  Figueiredo, Cabejo, Carela e Rajó.

Património Religioso: Capela de S. Pedro (Lug. de Rajó); Capela de Nossa Senhora da Alegria ou Capela dos Três Reis Magos; Capela de S. João Baptista; Alminhas de Santa Marinha; Alminhas de Armanda Cruz; Alminhas do Miguel, do Cruzeiro ou do Marachão; Alminhas de Rio Tinto ou da Ponte;  Alminhas da Capela ou da Casa dos Pinta; Alminhas de Caveiros; Alminhas do Balazeiro; Igreja Paroquial; Cruzeiro Paroquial; Cruzeiro Velho; Cruzeiro da Independência.

Fonte: http://pt.wikipedia.org

Pároco: P. José Miguel Torres Pereira

            Residência Paroquial

            Rua da Igreja, 18

            4740-141 APÚLIA

            Tel.: 253981616

            email: migueltpereira@gmail.com 

Boletim Paroquial de Apúlia e Rio Tinto

desdobrável81.pdf (637,2 kB)